A importância de superar o passado

 

“Lamentar uma dor passada, no presente, é criar outra dor e sofrer novamente.”
- William Shakespeare

 

Construímos nossa própria história ao longo da vida e vamos registrando em nossas mentes diversos acontecimentos que nos marcam, podendo ser entendidos como positivos ou negativos.

 

Todo ser humano é dotado de um enorme potencial e capacidade de aprendizagem e ressignificação da própria vida. Entretanto, em determinadas ocorrências (principalmente relacionadas às perdas significativas) a pessoa pode encontrar dificuldades em lidar com alguns pensamentos e sentimentos. Tais dificuldade geram intensa dor psíquica, fazendo com que a pessoa fique psicologicamente vulnerável e tenha dificuldades em lidar com seus sentimentos, desejos e escolhas.

 

Sentir-se preso ao passado é uma sensação muito recorrente para diversos pacientes com quem trabalho dia a dia em meu consultório. São relatadas histórias de sofrimento intenso que acarretam em sentimentos destrutivos direcionados a si e/ou ao outro. Feridas emocionais relacionadas ao passado e não elaboradas são extremamente poderosas quando se trata de paralisar a pessoa, fazendo com que se sintam estagnadas e sem conseguir descobrir novos caminhos para avançar com suas suas vidas.

 

Ficar preso ao passado é reduzir-se a ele, sendo a pessoa atormentada diariamente com sentimentos difíceis de lidar sozinho, como: raiva, ressentimento, culpa, vergonha, tristeza e angústia. Costuma ainda trazer sentimentos de solidão, na medida em que a pessoa passa grande parte da vida lamentando o que foi, sem conseguir viver o presente e, consequentemente, sem possibilidade de planejar o próprio futuro.

 

Neste sentido, a Psicoterapia tem o objetivo de auxiliar a pessoa na superação do passado, ajudando-a no sentido de atribuir um novo significado aos acontecimentos que lhe infligem sofrimento, desenvolver a capacidade de decidir e planejar a própria vida, lidar de maneira construtiva com o presente e promover de forma funcional o futuro.

Please reload

Saiba Mais Sobre

Exigir muito de si mesmo

1/10
Please reload

 Dicas e Tratamentos
Please reload