Superação do divórcio

Ela começou a preencher a ficha de cadastro daquele lugar. Era uma daquelas imensas fichas que passamos pelo menos meia hora para responder todos cem os campos. Depois de tanto tempo protelando, conseguiu deixar de lado a angústia que a acompanhava durante todos os momentos do seu dia e se concentrar naquela chata e necessária tarefa.

 

 

NOME???? ENDEREÇO????? ESTADO CIVIL??????????????

 

Ler estas palavras lhe fizeram estremecer e sentir um enorme aperto no coração. Um buraco imenso, sem fim. Era a primeira vez que precisava responder questões que agora lhe pareciam tão profundas e dolorosas.

 

O que escrever?”; “O que sou neste momento?”; “O que restou?”; “Por que não deu certo?”; “O que fiz de errado?”; “E se eu tivesse...” e “Se ele tivesse...” Pronto. Iniciou-se novamente aquele ciclo de infinitas repetições que não lhe deixavam em paz por um só minuto. Revisitava todos os fatos, vasculhava todos os momentos que viveram juntos, todas as frases faladas e os gestos passados. “Onde foi que errei?” ”O que fiz?” ”O que deixei de fazer?”


Ela estava farta de tantos pensamentos. Farta de sentir tudo aquilo que sentia. O desanimo parecia aumentar a cada dia, as tarefas diárias se tornaram cada vez mais penosas e o mundo lhe parecia um lugar tão distante que ela não mais pertencia. Parecia ter caído num poço sem fim e dali não conseguia sair.

 

 

Como superar o divórcio

 

Não interessa qual seja o motivo ou quanto tempo de relacionamento, a decisão de divórcio nunca é fácil e surgem diversas emoções para ambos os lados. Algumas pessoas acabam por lidar melhor com a situação, outras caem em profundo sofrimento e não raro precisam de ajuda para superar este difícil e doloroso momento.

 

Se trata de uma vivência que pode trazer diversos questionamentos sobre sua vida, sua própria identidade e capacidade de lidar com essa situação. Naturalmente surgem medos e os medos acabam por gerar ansiedade e conflitos internos e externos, o que pode ter como consequência a dificuldade em reestabelecer uma rotina com os amigos, o trabalho e dentro da própria família. 

 

O divórcio costuma trazer sentimentos tão dolorosos porque se trata de um momento de luto. Mas, como todo luto, abre a possibilidade de repensar nossas vidas. O importante é compreender que é possível encontrar formas saudáveis de lidar com estes sentimentos e pode sim ser uma experiência que lhe trará muitos aprendizados.

 

A psicoterapia nesse caso tem como objetivo ajudar a compreender e elaborar o passado, possibilitando aceitar as mudanças e tirar o que há de melhor nelas, resignificando a própria vida. Desta forma, descobrirá espaços internos para cuidar mais de si mesmo e aos poucos terá a possibilidade de retomar antigas atividades, descobrir novos prazeres e sentir-se vivo novamente.

Please reload

Saiba Mais Sobre

Exigir muito de si mesmo

1/10
Please reload

 Dicas e Tratamentos
Please reload