Carência afetiva, como suprir?

 

A carência afetiva é um sentimento que traz uma intensa sensação de vazio, podendo atingir homens e mulheres e independe da faixa etária. Trata-se de um tema delicado que muitas vezes gera profundo sentimento de tristeza, ansiedade e frustração. Não podemos generalizar o que faz com que a pessoa se sinta carente, pois a carência depende da história de vida que cada um carrega.

 

A dependência de alguém para suprir a própria carência afetiva não se limita apenas dentro do contexto de um relacionamento amoroso, podendo também ser estabelecida nas relações familiares ou de amizades.

 

O que caracteriza a carência afetiva é a constante busca pela completude com a crença de que somente com a presença do outro poderão ser curadas as feridas pessoais. Essa crença acaba por trazer dificuldades em vivenciar a própria individualidade, traçar planos pessoais e conhecer profundamente a si mesmo.

 

A carência afetiva é um sentimento que não poderá ser suprido por outra pessoa, apenas por si mesmo na medida em que compreender o que isso significa e como lidar com este sentimento quando ele aparece, de uma maneira positiva e saudável para você e para as pessoas a sua volta.

 

Neste sentido, tenho trabalhado no consultório com o processo de autoconhecimento, buscando a constante transformação pessoal com o objetivo de conquistar o equilíbrio emocional e, consequentemente, a possibilidade de maior qualidade de vida.

 

É importante estar alerta, pois ter uma companhia não é sinônimo de sentir-se realizado ou feliz. O medo da solidão muitas vezes impede que a pessoa consiga diferenciar os próprios limites. Mas é importante ressaltar que com a ajuda da psicoterapia poderá aprender a nutrir a si mesmo e a responsabiliza-se pelos próprios sentimentos, sendo esta a chave para o bem estar e a realização pessoal.

Please reload

Saiba Mais Sobre

Exigir muito de si mesmo

1/10
Please reload

 Dicas e Tratamentos
Please reload