Dificuldade em expressar sentimentos


Muitas são as pessoas que apresentam dificuldades em expressar seus sentimentos e ao não verbalizar suas emoções e dores acabam sofrendo em silêncio. Temos então a alexitimia, caracterizada como um distúrbio afetivo atribuído a pessoas que possuem personalidade caracterizada pela incapacidade em reconhecer e expressar adequadamente as emoções e sentimentos através da linguagem.


Entretanto, é preciso distinguir quem sofre deste distúrbio de quem não consegue expressar o que sente como um mecanismo de defesa. Em muitos casos o que acontece é que a pessoa foi alvo de muitas críticas ou não recebeu a devida atenção aos sentimentos quando criança, portanto, quando adulto precisará aprender a lidar com seus afetos e a maneira como expressá-los.


É importante ressaltar que a dificuldade de se expressar emocionalmente e reagir com afeto pode acarretar uma série de problemas, com prejuízos cognitivos, afetivos e sociais para o indivíduo. Há ainda outra área que poderá sofrer prejuízos, como adoecer com maior frequência e de maneira mais grave.


Com a dificuldade de comunicar em palavras os pensamentos e sentimentos surgem as doenças psicossomáticas, ou seja, é a forma inconsciente de manifestarmos nosso sofrimento por meio de sintomas, como insônia, ansiedade, afecções dermatologias, respiratórias, gastrintestinais, entre outros. Os sintomas são muitas vezes expressões simbólicas que revelam segredos emocionais e se trabalhados adequadamente, permitirá que a pessoas reorganize sua vida.


Falar dos próprios sentimentos pode ser uma tarefa muito complexa para algumas pessoas, trazendo sensação de desconforto, vulnerabilidade e medo de machucar o outro ou a si próprio. Todavia, as intervenções psicológicas têm mostrado grandes avanços na medida em que estimula a troca, favorece a construção de diálogos e relações mais espontâneas por meio do autoconhecimento e da autotransformação.

Saiba Mais Sobre
 Dicas e Tratamentos